Pai manda filho roubar computadores da escola

A Polícia Civil do Distrito Federal apreendeu quatro adolescentes, com idades entre 12 e 15 anos, suspeitos de furtarem quatro computadores do Centro de Ensino Fundamental 28, em Ceilândia (DF), na tarde desta segunda-feira (27). O pai de um dos garotos é suspeito de ser o mandante dos crimes.
Os computadores, comprados pelo Ministério da Educação e avaliados no valor de R$ 2,5 mil, foram furtados uma semana antes das apreensões. Agentes da 19ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) encontraram os equipamentos nas casas dos jovens suspeitos, que teriam confessado o crime aos policiais.
crime
Depois dos furtos, os adolescentes tentaram vender os computadores na Feira do Rolo de Ceilândia, chefiados por Cassiano Monteiro da Silva, conhecido como Galego e pai de um dos suspeitos. Ele tem cinco passagens anteriores pela polícia, uma delas por homicídio, cumpria prisão domiciliar, mas agora está foragido.
O delegado-chefe da 19ª DP, Fernando Fernandes, pede a ajuda dos cidadãos através de denúncias anônimas para encontrar Galego e o restante dos equipamentos roubados que ainda não foram localizados pela polícia. Ele também pretende pedir à Justiça a suspensão do benefício de prisão domiciliar.
— Nós comunicaremos ao juiz para que o benefício seja quebrado e ele volte para a prisão. Ele foi indiciado pelo crime de furto qualificado e corrupção de menores, cujas penas somadas vão de 3 a 12 anos de cadeia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques