12/11/2015

Continuam investigações sobre queda de aeronave em Balsas

FOTO: WHATSAPP
Continuam as investigações sobre o acidente aéreo, que culminou com a explosão de um avião agrícola monomotor, na tarde da última segunda-feira dia 9, no município maranhense de Balsas, a 759 km de São Luís. Os trabalhos de investigação começaram na quarta-feira dia 11 e estão sendo comandadas por uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).
De acordo com informações do Cenipa, uma equipe de peritos esteve no município, fazendo levantamentos e conversando com testemunhas que presenciaram o desastre. Até o momento, as informações são de que toda a documentação do monomotor estava em dia, bem como sua manutenção. Os peritos informaram também que, provavelmente, uma das causas do acidente pode ter sido falha técnica, já que testemunhas ouvidas pela equipe de investigação relataram que a aeronave teve duas mudanças de altitude, o que indicaria uma possível falha.
De posse das informações, a equipe viajou, ainda na quarta-feira, para o Primeiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I), em Belém, no Pará, para dar prosseguimento em uma segunda parte das investigações. Alguns destroços do monomotor foram levados para serem analisados. Um posicionamento oficial com as causas do acidente deverá ser dado em um prazo de 30 dias.
O acidente
FOTO: WHATSAPP
O avião agrícola monomotor explodiu na tarde de segunda-feira dia 9 de novembro, por volta das 16h, durante uma tentativa de decolagem no Aeroporto Industrial de Balsas. No acidente, o piloto identificado como José Mauro Jaques de Medeiros, de 60 anos, morreu carbonizado. Ele era funcionário da empresa Risa, com atuação no ramo agrícola na região sul do Maranhão. Há quatro anos, o filho do piloto também morreu em um acidente aéreo semelhante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques