29/01/2017

Samsung lança smartphones da linha Galaxy A com câmeras de 16 MP




A Samsung lança nesta semana os smartphones da linha Galaxy A 2017 no mercado brasileiro. Os aparelhos Galaxy A5 e Galaxy A7 chegam para competir com produtos como o Asus Zenfone 3 e o Moto Z Play. Seus preços sugeridos são de 2.099 reais e 2.299 reais, respectivamente..

O principal destaque dos aparelhos é a câmera frontal de 16 MP, uma das maiores resoluções da categoria. As câmeras traseiras também têm 16 MP e flash.

O design dos aparelhos é refinado. Assim como no Galaxy S7, os materiais de revestimento são vidro reforçado e metal. Os produtos são resistente à água e à poeira, segundo a certificação IP68. Eles podem ser mergulhados a 1 metro e meio de profundidade ao longo de 30 minutos.

O botão home dos smartphones acomoda o sensor de impressões digitais, que serve para desbloquear a tela ou para proteger seus dados no aplicativo Pasta Segura.

Ambos os dispositivos têm carregador padrão USB Type-C, um conector reversível, ou seja, tanto faz o lado que você tentar plugá-lo, ele sempre estará correto. Isso corrige uma inconveniência do padrão microUSB, adotado pela maioria das fabricantes de smartphones até o ano passado

O Galaxy A5 tem processador Exynos Octa 7880, 3 GB de memória RAM e armazenamento interno de 32 GB, com suporte para cartões microSD. Sua tela Full HD tem 5,2 polegadas e tem a tecnologia Super Amoled da Samsung, que ajuda a poupar bateria e exibe tonalidades escuras com mais precisão. A bateria tem capacidade de 3.000 mAh e há suporte para a recarga rápida.


galaxy-a-2017

Já o Galaxy A7 tem a mesma configuração do A5, mas vem com tela e bateria maiores. O display tem 5,7 polegadas, com resolução Full HD, e a bateria tem capacidade de 3.600 mAh.

Os smartphones vêm com o sistema Androd Marshmallow, com atualização prometida pela fabricante para a edição Nougat, a mais recente no momento.

Segundo a Samsung, os produtos são voltados ao público jovem alternativo que preza pela qualidade, mas também pensa muito no custo-benefício.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques