18/01/2017

Vídeo do programa “Tá No Ar” escancara privilégio branco no Brasil

Alguns internautas, no entanto, criticaram o fato de a TV Globo não retratar os negros de forma positiva e sempre reservar a eles personagens subalternos




Um trecho do programa “Tá No Ar” foi disponibilizado antes do início da temporada, marcado para o dia 24 de janeiro. O vídeo acabou compartilhado por uma página no Facebook e, até o fechamento desta nota, já contava com quase 800 mil visualizações e 17 mil compartilhamentos. Nele, atores mostram situações cotidianas em que os brancos recebem tratamento privilegiado no Brasil.

Um senhor começa sendo servido por um negro e dizendo “eu sempre sou bem atendido nos melhores restaurantes”. Em seguida, um jovem completa: “eu tive acesso às melhores escolas e universidades públicas do Brasil”. Uma senhora branca, então, afirma: “eu sempre tenho os melhores médicos e planos de saúde”.

Os exemplos de racismo se sucedem até que o narrador diz: “ser branco no Brasil é ter um tratamento diferenciado, todos os dias, 24 horas, em qualquer lugar. Branco no Brasil, há mais de 500 anos levando vantagem”.

O vídeo, no entanto, não agradou a todos. Alguns internautas elogiaram a iniciativa da atração comandada pelo humorista Marcelo Adnet. Outros argumentaram que a TV Globo, onde o programa é exibido, não retrata os negros de forma positiva e sempre reserva a eles personagens subalternos.


Assista a seguir.




Revista Forum


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques