Homem matou uma criança de 10 meses a base de pancadas em Lavras



Um homicídio registrado por volta das 18h30min desta sexta-feira no município de Lavras da Mangabeira deixou a população perplexa, horrorizada e revoltada causando grande repercussão. Na Rua Padre Raimundo Augusto no centro da cidade o servente de pedreiro Iarley Mendonça de Souza, de 20 anos, matou sua própria enteada Gabriela Aparecida Duarte da Silva de apenas 10 meses de idade.

Segundo testemunhas, ele pegou a criança pelas pernas e bateu com a mesma várias vezes contra a parede além de ter mordido a recém-nascida chegando a arrancar alguns dedos das mãos. Populares comentaram com a patrulha composta pelo Sargento Barros e os Soldados Siqueira e Leandro sobre a imaginação inicial que se tratava de uma boneca, mas, só depois, viram que era um bebê.

Os policiais saíram em diligências e perto do local do crime encontraram e prenderam o acusado aparentando ter usado drogas e negando o crime. Segundo Iarley, havia entregue à criança à mãe dela no caso Magnólia Gomes dos Santos com quem possui um relacionamento amoroso. Entretanto, na Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu confessou o homicídio e ali ficou recolhido por medidas de segurança ante a possibilidade do linchamento em Lavras da Mangabeira.


                               

                               

Assista entrevista ao vivo com a Tia da criança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques