29/05/2017

MANIFESTAÇÃO POR “LULA LÁ”, DIGO, “DIRETAS JÁ” É UM FRACASSO DE PÚBLICO



Mesmo com vários atores globais e showzinho de famosos, para tentar impulsionar o público por motivos para além da política, a manifestação organizada pela esquerda este domingo em Copacabana foi um relativo fracasso de público (estou sendo bondoso, foi um fiasco mesmo!). A turma tentou mentir, inflando os números, e contou com a boa vontade da grande imprensa, mas as imagens reais mostram algo um tanto diferente:




Claro, os artistas engajados podem sempre repetir que a classe média é “alienada”, até mesmo “fascista”, como fez a “intelectual” petista Marilena Chaui. Mas a verdade é que nem todos são tão trouxas a ponto de cair nessa ladainha de “diretas já” como mecanismo da democracia, e não como um instrumento inconstitucional para tentar beneficiar o réu Luis Inácio Lula da Silva, como conversamos, eu, Alexandre Borges e Leandro Narloch, no podcast Ideias desta semana:

O ator Fabio Assunção, por exemplo, bem que tentou convencer o pessoal de que era algo “acima” da direita ou esquerda, como podemos ver nessa convocação:



Mas basta observar as bandeiras presentes no evento, todas vermelhas com as marcas da CUT ou do PCdoB estampadas nelas, para constatar que esse discursinho não passava de engodo:



A ex-jogadora de vôlei Ana Paula resumiu com base nessa imagem:



Milhões de brasileiros lotaram as ruas das principais cidades do Brasil para pedir o impeachment de Dilma. Os artistas engajados terão de se contentar com essa patotinha, muitos incentivados com mortadelas ou só para ver um showzinho “grátis” e tirar, quem sabe, um selfie com a atriz de “Malhação”.

É o que restou a essa esquerda cafajeste, que hibernava durante os escândalos de corrupção do PT, que sequer tomou conhecimento de que Joesley Batista, em sua delação, entregou o pagamento de propina de $150 milhões a Lula e Dilma no exterior, mas está “indignada” com o envolvimento do senador tucano Aécio Neves num esquema de R$ 2 milhões.

E o pessoal cara de pau ainda tem a pecha de acusar, agora, quem votou em Aécio em 2014! Como se a alternativa não fosse Dilma, ou seja, coisa muito pior! E como se esses mesmos eleitores não quisessem que Aécio seja preso caso comprovem seus crimes, ao contrário deles mesmos, petistas, que querem Lula presidente uma vez mais. Quem tem “bandido preferido” é a própria esquerda, que grita “contra” a corrupção e pelas “Diretas Já”, mas não na Venezuela…

A seletividade, o duplo padrão, a indecência desse pessoal salta aos olhos, e todos já notaram a imensa hipocrisia dessa esquerda caviar. Reparem que eles sequer ficam melindrados de participar de uma manifestação bancada pela extrema-esquerda, a mesma que sempre acusa a TV Globo de “golpista”, ela que de uns tempos para cá mais parece TV PSOL e que, sim, paga os polpudos salários desses artistas.

Claro, não chegam ao extremo de gritarem, eles mesmos, contra a Globo, pois rebeldia tem limite: não vão arriscar perder o capital “malvado” de que tanto gostam, não é mesmo? Enquanto o peão mortadela enganado pelo sindicalista e pelo ator engajado esbraveja contra a emissora, eles, que ganham uma bolada por seu trabalho nela, fazem cara de paisagem e gritam: “Fora Temer”.

E no dia seguinte estão de volta ao Projac, ou Projaquistão, como diz Alexandre Borges, para gravar novas cenas e embolsar mais uma pequena fortuna. Como é doce a vida hipócrita da esquerda caviar!

Rodrigo Constantino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques