29/08/2017

Morador de rua morre durante assalto a banco em Timon


O delegado regional de Timon, Humaitan Oliveira, informou ao Cidadeverde.com que investigações iniciais apontam que o morador de rua foi morto antes da explosão. A vítima teria sido morta a tiros porque a quadrilha não queria que houvesse uma testemunha do crime. 

“Mataram porque ele [morador de rua] seria uma testemunha. No local foram encontradas cápsulas”, disse o delegado Humaitan.

O caso será investigado pela Polícia Federal de Caxias.

Matéria original

Um morador de rua morreu durante ação de criminosos em uma agência da Caixa Econômica Federal, na madrugada desta segunda-feira (28), na cidade de Timon-MA. A Polícia Militar informou que a vítima teve a cabeça esmagada. Contudo ainda não há informações sobre a causa da morte: se ele foi alvejado a tiros ou se morreu em decorrência da explosão dos caixas eletrônicos.

O morador de rua, que não teve a identidade confirmada- costumava dormir dentro da agência. O banco permanece isolado ao público e há uma intensa movimentação.

Câmeras de segurança e testemunhas vão auxiliar a investigação policial. Cerca de quatro a cinco bandidos participaram do assalto.

"Eles chegaram em um veículo modelo Fox, cor preta. Eram de quatro a cinco bandidos que desembarcaram por volta das 3h30. Os elementos se dividiram. Parte interditou vias e o restante entrou na agência", explica Joseleia Rocha, tenente da PM-MA.

O assalto durou em média cinco minutos. Não há informações sobre a quantia em dinheiro roubada. Dos 14 caixas eletrônicos, pelo menos dois foram destruídos. A explosão danificou praticamente toda a frente da agência.

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Gorete Santos (TV Cidade Verde)








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques