7 de nov. de 2017

Vídeo - Jovem que matou garota com 11 tiros no rosto era seu vizinho e diz que matou por ódio



Misael Pereira, 19 anos, suspeito de matar a adolescente Rafaela Novisk, 16 anos, na manhã desta segunda-feira (6), na da sala de aula do 9º ano do ensino fundamental, do Colégio Estadual 13 de Maio, em Alexânia, era seu vizinho e já tinha feito ameaças em 2016. “Aí neste ano, ela recebeu uma ligação e ele perguntava se ela estava preparada”, contou a prima da vítima, que não quis se identificar.

Para a delegada Rafaela Azzi, Misael afirmou que tentou presentear a jovem, mas ela recusou e então, com muito ódio, disparou 11 vezes contra o rosto de Rafaela. “Ela não estaria dando moral a ele. Ou seja, há indício de crime passional”, explicou a delegada.
Misael estava mascarado quando invadiu a escola. Fora da instituição, um amigo da família do suspeito o esperava dentro de um carro. Para a delegada, esse amigo foi conivente com a ação, mesmo dizendo que desconhecia a intenção de Misael.

O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado e segundo a investigadora ele não demonstrou arrependimento.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Geral

Destaques